O PODER DE UM PARÁGRAFO SOBRE A SUA ORGANIZAÇÃO
“Vantagens de uma Declaração Estratégica


Num artigo anterior, descrevemos em detalhe como elaborar a sua Declaração Estratégica. Alertamos que esta, não pretende ser um documento de 500 páginas, que se escreve aquando a formação da empresa e posteriormente nunca mais se olha para ele. E reforçamos que a declaração procura ser curta [máximo um parágrafo], focada, percetível e de fácil comunicação.

Quando debatemos estes temas sobre Estratégia, gostamos de deixar bem presente que esta forma de pensar e de dirigir o negócio, não se adapta a todos os executivos. É algo que está intrinsecamente ligado à cultura pessoal e interna da organização e implica atitudes de mudança. Em alguns casos, requer uma reestruturação de quase todo o funcionamento do negócio.

Se você como responsável por uma organização, sente que o negócio esta assente sobre bons pilares e que as necessidades internas e externas são facilmente detetadas e ultrapassadas, a verdade é que não precisa de continuar a ler este artigo.

Hoje, vamos um pouco mais longe e citar 3 grandes vantagens de ter a sua Declaração Estratégica bem definida.


1. EVITA ULTRAPASSAR OS LIMITES E BARREIRAS DO DIA A DIA
Quando idealizamos o nosso negócio é sabemos em concreto o que vamos fazer, como queremos fazer e como vamos dirigir as operações. Esta ideia do “o que queremos fazer” tronou-se insuficiente.

É necessário que as organizações tenham presente em detalhe o tema “o que não queremos fazer”. Esta questão de sabermos ao certo, para onde não queremos ir, o que não queremos fazer, com quem não queremos relacionar e com quem não queremos trabalhar, ganhou um novo grau de importância.

Desta forma, uma Declaração Estratégica tem implícito ambos os limites.
Estando descrita num breve parágrafo e sendo de rápida e fácil consulta, qualquer colaborador interno que tenha de tomar uma decisão, pode ser encaminhado pelas suas palavras.




2. GARANTE UM ALINHAMENTO DE TODOS OS COLABORADORES
No seguimento do ponto anterior, temos o alinhamento sobre as decisões entre todos os colaboradores.

Sabemos que o trabalho em equipa é mais eficiente e eficaz que o trabalho individual. No entanto, isso só acontece se estivermos alinhados, a remar no mesmo sentido e preferencialmente ao mesmo ritmo e velocidade. Desta forma evitamos perdas de tempo e dinheiro entre a diferença de pensar a agir de cada colaborador.

Acredito que o leitor esteja a pensar que a sua equipa está em perfeita sintonia e conhece bem todos os sistemas e processos.

— E se entrar um novo colaborador, este vai rapidamente entender os seus processos?
— Quanto tempo a sua organização despende para introduzir o novo colaborador nos processos?
— Permite que os novos colaboradores se envolvam nas decisões dos processos?
 

Se estivermos a falar de novos colaboradores, que se mostram interessados em contribuir com novas ideias e opiniões, ter uma declaração bem definida, faz todo o sentido.

“Eu tento durante meses dar vida a novas iniciativas que me parecem mais ajustadas, mas nem sempre chego a colocá-las em prática. A resposta superior é que [não se encaixa na estratégia.] Mas porquê que ninguém me disse isso no começo?”

“Eu não sei se devo seguir esta oportunidade de mercado. Uns dizem-me uma coisa outros dizem-me outra.” Acabo por não decidir e deixo escapar a oportunidade.”



3. RESPONDE COM ASSERTIVIDADE ÀS GRANDES DECISÕES

Todos os dias são dias decisivos, alguns de fácil resposta, outros mais exigentes.

“Porque estamos a tentar negociar com este cliente? Já o perdemos o ano passado. Pensei que tinha ficado acordado que não valeria a pena perder tempo com estas situações.”

“Devo reduzir o preço para este cliente? Não sei se seria melhor ganhar o negócio a um preço mais baixo ou apenas ignorar o negócio.”

A Declaração Estratégica bem definida, não só tende a responder sem grande espaço para dúvidas, neste tipo de momentos mais decisivos, como ajuda a prever futuros entraves que possam por em risco o funcionamento da organização.

Não estamos a dizer que o gestor tem de se tornar capaz de prever o futuro, isso cabe a outro tipo de profissão. A ideia base é que com uma Declaração Estratégica bem definida, com o conhecimento geral sobre a mesma e com a dedicação ao negócio por parte do executivo, em detrimento de “apagar fogos” e juntamente com a experiência pessoal, atingimos uma capacidade de prever determinados acontecimentos.




A esta três grandes vantagens, podemos associar pequenas ramificações que quando ligadas entre si, permitem à organização desenvolver uma Vantagem Competitiva.

A sustentabilidade da sua organização torna-se ainda mais firme quando a Declaração Estratégica está apontada para evitar perdas de tempo desnecessárias e deixar de perseguir objetos cintilantes ou novas tendências superficiais. Quando evita deixar dinheiro em cima da mesa durante as negociações e por fim quando permite espaço e liberdade para decisões individuais.




- - -
PROCURA SABER MAIS SOBRE ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO E COMUNICAÇÃO.
Use os nossos e-book gratuitos e trabalhe-os com a sua equipa.


© Engin Akyurt